Arquivo do autor:folloni

Um espaço para a teoria da complexidade: entre o pouco e o infinito

As Ciências da Complexidade trabalham em sistemas que se localizam numa espécie de meio-termo entre as interações entre poucos elementos (bilaterais, por exemplo) e entre as interações muitos de elementos. Interações de poucos agentes, como as interações em duplas, são … Continuar lendo

Publicado em Ciências da Complexidade | Marcado com , , | Deixe um comentário

Evolução

Supor que um sistema adaptativo aprende com a experiência e com os erros é diferente de supor que, por isso, sua forma posterior será sempre evoluída em relação à anterior exatamente porque traria consigo esse aprendizado. Para que a suposição … Continuar lendo

Publicado em Categorias da complexidade, Complex Adaptive Systems | Marcado com , | Deixe um comentário

WCSA VI Conference

Saiu a chamada de artigos para a VI Conferência da World Complexity Science Academy – WCSA http://www.wcsaglobal.org/wp-content/uploads/2015/03/WCSA-2015-03-03.pdf

Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Estrutural e processual

A ciência do direito é uma ciência “processual”, no sentido de que o direito está vivo e em processo de evolução e adaptação. Há mecanismos de evolução que são conhecidos (processo legislativo, p. ex.) e outros que ainda são obscuros … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Contingência

Sistemas complexos são caracterizados pela contingência: há muitas opções de ação, não se pode prever qual será tomada, embora uma precise ser, e impossível saber o que vai dar no longo prazo quando tomamos atitudes agora. Assim, por exemplo: se … Continuar lendo

Publicado em Categorias da complexidade, Direito e complexidade | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Ainda o reducionismo no Direito

Há alguns problemas que uma compreensão reducionista do Direito enfrenta. Dois deles são os seguintes: Em primeiro lugar, as emergências desafiam compreensões mais amplas quando se está diante de sistemas complexos. Pode-se compreender “emergências”, ao menos, de duas formas (John Holland, … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Sistemas sensíveis às condições iniciais – efeito borboleta

Um sistema linear e determinista não é caótico quando as regras que o regem permitem previsões acuradas ou exatas. Esse exemplo de sistema dinâmico não é caótico. Conhecendo os primeiros resultados (2, 6, 18; 2.1, 6.3, 18.9), podemos prever os resultados futuros … Continuar lendo

Publicado em Categorias da complexidade | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Mecanicismo, matematicismo

Mecanicismo é uma forma de compreender o mundo, segundo a qual eventos ocorrem por razões, e essas razões são forças, no sentido físico da expressão. Assim, o movimento se inicia pela atuação de uma força sobre um corpo, e se … Continuar lendo

Publicado em Categorias da complexidade | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Sistemas dinâmicos

Um sistema dinâmico é um sistema que muda com o tempo. Em sistemas complexos adaptativos, a mudança no comportamento do sistema pode emergir de interações entre seus agentes (Mitchell, Complexity, p. 15). É possível que, em certos sistemas dinâmicos, os … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O que é reducionismo?

A palavra reducionismo pode significar pelo menos duas situações diferentes, embora relacionadas. Uma teoria é reducionista quando pretende explicar toda a complexidade de seu objeto recorrendo a um de seus aspectos. Assim, por exemplo, se quisermos explicar a sociedade por meio da luta de … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário