Arquivo do mês: janeiro 2015

Sistemas sensíveis às condições iniciais – efeito borboleta

Um sistema linear e determinista não é caótico quando as regras que o regem permitem previsões acuradas ou exatas. Esse exemplo de sistema dinâmico não é caótico. Conhecendo os primeiros resultados (2, 6, 18; 2.1, 6.3, 18.9), podemos prever os resultados futuros … Continuar lendo

Publicidade

Publicado em Categorias da complexidade | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Mecanicismo, matematicismo

Mecanicismo é uma forma de compreender o mundo, segundo a qual eventos ocorrem por razões, e essas razões são forças, no sentido físico da expressão. Assim, o movimento se inicia pela atuação de uma força sobre um corpo, e se … Continuar lendo

Publicado em Categorias da complexidade | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Sistemas dinâmicos

Um sistema dinâmico é um sistema que muda com o tempo. Em sistemas complexos adaptativos, a mudança no comportamento do sistema pode emergir de interações entre seus agentes (Mitchell, Complexity, p. 15). É possível que, em certos sistemas dinâmicos, os … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O que é reducionismo?

A palavra reducionismo pode significar pelo menos duas situações diferentes, embora relacionadas. Uma teoria é reducionista quando pretende explicar toda a complexidade de seu objeto recorrendo a um de seus aspectos. Assim, por exemplo, se quisermos explicar a sociedade por meio da luta de … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Determinismo e não-linearidade

Quando trabalhamos com complexidade, precisamos cuidar com os conceitos e termos que utilizamos. Isso ocorre com qualquer ciência. A complexidade, porém, é um daqueles casos em que a linguagem é desenvolvida em vários ramos científicos (matemática, física, biologia, economia, sociologia, informática … Continuar lendo

Publicado em Categorias da complexidade | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário